O Fim do Orkut

Sabe, eu sempre fui um chato com o Orkut. Na verdade sempre possuí essa relação de love-hate com a primeira rede social que realmente se popularizou mundo afora.

Durante os cinco ou seis anos que usei o Orkut assiduamente, era um típico utilizador. Sim, do nível “Leio, Respondo e Apago”, mesmo. Postava milhares de fotos minhas em diversos álbuns clássicos como “Família”, ” Fériaaaaass!!!” e “Meu Aniversário 2006”. Mandava altos depôs e coisas assim. Cheguei até a criar algumas comunidades sobre carros e, é claro, a clássica “Eu amo minha mãe”.  Continuar lendo

Anúncios