Top 10 coisas para fazer no fim das férias

I’m back, baby.

Depois de muuuuuito tempo sem nem dar um “alô” a vocês (exceto no Natal e no Ano Novo), hora de arregaçar as mangas e escrever algo que realmente preste aqui no blog.

Eu estou vivendo uma horrível fase de falta de inspiração/de tempo/de vontade para escrever. A falta de inspiração, pelo menos, só acontece aqui no blog, já que no portal de games que estou trabalhando, posto quase todos os dias. Ah é, esqueci de falar pra vocês o nome do portal.

Então galere, estou agora trabalhando oficialmente como Redator e Designer no Portal Gameshow (que é um dos maiores portais de games do país, diga-se de passagem | tá vendo o lindo logotipo lá no topo do portal? Eu que fiz). Vocês não têm noção do quanto estou feliz em trabalhar lá. Nunca fui tão bem recebido em uma equipe como no Gameshow. Sério.

Esse foi um dos motivos por eu não estar postando ~desde o ano passado~ aqui. Mas o outro é mesmo a falta de assuntos para escrever no meu blogzinho (bloguezinho?). Até que ontem, quando já estava me preparando para dormir, veio a ideia, exatamente assim:

~ÓÓÓÓÓ~

Continuando.

A ideia foi: “Por que eu não tiro o blog ‘da miséria’ elaborando um Top 10 com as melhores coisas a se fazer para tirar o tédio no fim das férias?”. E é isso. Para ajudar você que está chegando agora, vou fazer uma perguntinha pra vocês juntarem com cada item que falarei a seguir.

O que fazer no fim das férias?

Prontinho. Vamos ao post agora?

10. Acompanhar algum canal no YouTube

Essa é uma coisa que tenho feito demais ultimamente. Eu pelo menos acompanho canais que têm a ver com games e todo o seu universo, mas você pode (e deve) escolher o que mais te agrade.

Existem vários canais no YouTube com grande potencial, é só ir vendo seus vídeos e, se te “apetecer”, você clica em “Increver-se”. Recomendo os canais que postam vídeos se não diariamente, pelo menos três vezes por semana. Te tira da frente dos filmes da Sessão da Tarde e remove, temporariamente, o seu tédio de fim de férias.

Provavelmente você está se coçando para saber quais os canais que eu tenho assistido, principalmente se você é um gamer. Vou fazer uma divulgação de graça aqui então. Tá bom, vou falar logo.

Como sou um louco por jogos do gênero FPS, acompanho o canal do FunkyBlackCat. Ele vive postando gameplays comentados do Call of Duty, e mais recentemente também tem postado vídeos do Battlefield 3 e do novo Zelda. Bem legal. Ó um vídeo dele aí:

Outro canal que gosto bastante e que morro de rir com cada novo vídeo postado é o do MarcsZero. Ele também é um gamer, mas posta gameplays comentados de tudo quanto é tipo de jogo. O último vídeo que ele postou pode ser visto logo abaixo:

E o outro canal que também acompanho não é tão conhecido assim, mas também tem um grande potencial. É o canal do Lhenriqueish. Esse daí eu mantenho contato; é meu ~colega de equipe~. Segue um vídeo dele:

Aviso a todos os canais que mencionei aqui: O $$$ pela divulgação pode ser depositado até o dia 16/01, ok? Vocês já têm meu número e minha conta bancária, é só depositar.

9. Ler blogs de tirinhas

As rage comics, mais conhecidas aqui no Brasil como “tirinhas”, são tirinhas (dã) que têm como personagens os memes da Internet. Se você não entendeu o que acabei de falar, tirinha é isso aqui (PS: memes são esses “bonequinhos” que ilustram a obra de arte):

Eu copiei descaradamente do http://www.memetizando.com. Me perdoem por isto.

Um parêntese aqui para eu não ficar com peso na consciência: a tirinha acima foi copiada descaradamente do blog www.memetizando.com, como já falei na descrição da imagem acima e no alt text. Visitem este site, por favor. Assim você tira a culpa de minha alma.

Então.

Ler blogs com essas tirinhas é um dos melhores passatempos para tirar o tédio de fim de férias. Eu, atualmente, acesso sete blogs desse estilo por dia.

Meu navegador quando acesso os blogs de tirinhas (Clique para ampliar)

E se você quer ficar mais tempo lendo essas tirinhas, uma dica de mestre: deixe de ler esses blogs pelo menos um dia na semana, assim no dia seguinte a este você terá o dobro de tirinhas para ler, e isso significa que terá menos tédio em seu dia! 😛

8. Dormir o dia inteiro

Este item aqui não é para fazer apenas no fim das férias, é óbvio. Mas se você não tiver mais nada pra fazer, vá dormir! Esquecer de todos os problemas e obrigações é ótimo de vez em quando. E, para mim, aquele momento em que estamos já deitados na cama, esperando o sono vir, é o momento de mais inspiração no dia inteiro. Foi neste momento que ganhei a inspiração pra escrever esse post!

ZzzzZzzzZ -> Isso me lembra "The Sims"...

7. Ler artigos da Wikipédia

Quando eu não tenho mais nada pra fazer, recorro à Wikipédia. É bem legal ficar lendo os artigos de lá, seja aleatoriamente ou você pesquisando algo na barrinha de pesquisa.

Descobri bastante coisa do que eu sei hoje em dia passando horas e horas lendo a Wikipédia inteirinha. Só não vá acreditar 100% naquilo que leu, todo mundo sabe que a credibilidade da “enciclopédia livre” não é lá essas coisas.

6. Sair um pouco de casa

Esse é um item que eu recomendo, porém eu mesmo não sigo. É a falta de tempo. Whatever.

Não importa se você vai à padaria para/com a sua mãe ou ao cinema, sair um pouco de casa é ótimo para fim de férias. Vá ver gente, desparecer um pouco a cabeça! Só não recomendo, para os homens, ir junto com a sua mãe/irmã/namorada/whatever comprar roupas, ou ir junto com alguém ao médico. É algo triste, e totalmente entediante.

Consegue identificar os lajeanos?

Ah, e se for à um shopping, tenha cuidado com os da lajeanos; eles estão se multiplicando cada vez mais! 😉

5. Assistir um bando de filmes

Não importa se é no cinema, baixado do The Pirate Bay ou comprado por R$ 45 num hipermercado. Filme sempre é bom, principalmente para acabar com o tédio que corre solto nesses últimos dias de férias.

Eu sempre baixo adquiro um bando de filmes nas férias pra assistir um filme a cada dia. Pena que neste ano não deu, já que os últimos lançamentos não me agradaram muito e, de novo, a falta de tempo tá grande (que mentira danada essa, falta de tempo o escambau! Os jogos estão tomando 85,29% do meu tempo e o restante é divido entre tarefas básicas do dia-a-dia e Portal Gameshow).

Como não tenho mais nada pra falar neste item, e não vou colocar nenhuma imagem aqui, vamos ao próximo item.

4. Assistir a séries

Eu simplesmente amo assistir a séries. E você pode escolher qualquer uma, do jeitinho que você preferir. É claro que estou falando das séries norte-americanas, são as únicas que prestam.

Atualmente, ando assistindo bastante The Big Bang Theory, como já mencionei rapidamente em outro post. A série me cativa pelo fato de retratar a vida dos nerds com bastante humor. Recomendo bastante.

Só assistindo para entender o quão cômica é a série.

Esses daí são os personagens principais da série. Estou com preguiça de nomear cada um, vai na Wikipédia.

E caso você prefira séries mais sérias e adultas, recomendo Prison Break. Essa daí eu não assisti todos os episódios, na verdade foi só um (minha irmã é que assiste) e, pelo que vi, parece ser realmente boa. Ó uma imagem dela aí:

Não tenho a mínima ideia de quem é quem nessa imagem. Pergunta pra minha irmã.

Também tem as séries mais infanto-juvenis, como iCarly e Victorious, ambas do mesmo criador/emissora. Recomendo também.

3. Jogar GTA

Grand Theft Auto, vulgo “GTA”, é uma obra prima dos games. Simplesmente o melhor jogo de mundo aberto/ação que já joguei.

Se você está completamente entediado, liga seu PS2 velho e “bota pra quebrar” no GTA: San Andreas. E se você tem um PC melhor, ou um PS3, ou Xbox 360, vai jogar o último jogo da série, GTA IV (“GTA 4”, para os menos cultos).

Pegar um carro qualquer no San Andreas e atravessar as três cidades inteiras é algo incrível. As paisagens do jogo, mesmo já sendo um jogo antigo (é de 2004!), ainda são lindas. Realmente vale a pena.

Uma das belas paisagens de San Andreas...

No GTA IV, a Rockstar (produtora do game) decidiu colocar a realidade como ponto “principal” no jogo, o que não agradou alguns fãs. É por todo este realismo que muitos ainda consideram GTA: San Andreas como o melhor da série. Mesmo assim, GTA IV ainda é ótimo.

Algo legal de se fazer no jogo é pegar um carro e sair atropelando tudo o que ver na frente, apenas para conferir a ótima física do jogo. O mais legal é derrubar uma caixa de jornais. Experimenta.

A cidade, Liberty City, é simplesmente incrível. É bem legal você chegar no centro da cidade e ver a versão GTA de Nova York. São tantos detalhes que às vezes é necessário parar o seu veículo apenas para apreciar o belo trabalho que a produtora fez no game.

Centro de Liberty City, em uma imagem divulgada pela Rockstar Games.

Mas o melhor mesmo de qualquer GTA são os chamados Easter Eggs (“Ovos de Páscoa”, em tradução literal). Easter Egg é algo escondido no jogo. Por exemplo, ao entrar na versão GTA da Estátua da Liberdade, me deparei com isto:

O coração da cidade de Liberty City, literalmente. (Clique para ampliar)

Já estou quase que fazendo um review de GTA IV, então vou resumir: Qualquer GTA é ótimo para passar o tempo e tirar o tédio do fim de férias.

Vamos ao próximo item.

2. Jogar online (multiplayer)

Como todo mundo que me conhece e acessa meu blog sabe, meu gênero de jogos preferido é FPS (First Person Shooter, “Tiro em Primeira Pessoa). Jogar FPS por si só já é uma maravilha, agora imagine jogar você e mais uns 10 jogadores, todos juntos? Essa é a graça do modo multiplayer (ou, para os menos cultos, “jogar online”).

O modo multiplayer, aliás, foi o principal fator de eu ter gastado R$ 50 no Call of Duty: Modern Warfare 3 original. É algo tão empolgante, tão viciante! O único problema é que eu estou jogando muito mal. Já tô no nível 26 (são 80) e ainda fico nos últimos colocados ao final da partida. Além disso, nunca consigo um número de kills (pessoinhas que matei virtualmente) maior do que o de deaths (vezes em que morri). Ontem, por exemplo, matei nove pessoas numa partida e morri vinte e seis vezes. Mas estou melhorando.

E o mais interessante nos jogos online é a interação que os jogadores podem ter entre si. Quinta-feira passada ocorreu algo no mínimo estranho (até considero como um modo “da laje” de ser): terminei uma partida e estava esperando uma outra começar, no mesmo servidor. Até que dois jogadores, que pareciam se conhecer pessoalmente e eram visivelmente paulistas, começam a conversar entre si (com o microfone, não em texto). Um começa falando: “Mano, a gente foi lá no mercado e pegou tudo”, aí o outro responde: “Maneiro, cara! Mas vai ter carne lá?”. Até aí, a conversa já é muito pessoal para estar em um lobby de um game online. Mas a coisa piora, quando o outro cara responde: “Vaaai, vai ter carne, vai ter de tudo!”.

Para você, que não ouviu o que eu ouvi, pode não ter graça alguma esse pequeno diálogo entre jogadores. Mas o jeito que eles falaram, como se estivessem em um telefone, somado ao sotaque paulista nas palavras com “R”, foi algo bem engraçado. O pior foi que as caixinhas do som do meu PC estavam no máximo, então a minha irmã menor, que estava por perto, ficou abismada com o jeito que os carinhas falaram.

Ah, vocês não vão achar graça, muito menos entender o que estou tentando dizer. Apenas jogue online, é ótimo para tirar o tédio e matar alguns noobs (no caso, eu). Hora do último item.

1. Ler o Apple Boyster!

O melhor blog de todos.

Tá, pode não parecer merecido o meu blog estar em primeiro lugar nesta lista, mas se você está entediado, ou é a primeira vez que está visitando o meu lugarzinho, leia os posts anteriores! Ali ao lado tem uma lista com os posts mais visitados, então se você não leu, dá uma conferida! Os melhores posts desse blog são os primeiros, pode ter certeza.

E acho que tá na hora de terminar esse post. Sabe quantas palavras totalizaram até aqui, de acordo com o contador de palavras do WordPress? 2126 palavras. Esse post quase bateu o recorde do segundo post disso aqui, que passou das 2600 palavras. GREAT.

Prontinho, agora que já escrevi um bom e longo post, posso dar uma sumida de novo. Nos vemos em algum dia, para falar de outro assunto. Fui.

Anúncios

9 comentários sobre “Top 10 coisas para fazer no fim das férias

  1. entao o meu problema é que eu tenho 11 anos e nao posso ir aonde eu quiser, voce falou de icarly e ,ictorious o meu problema é que eu ja assisti todas as temporadas 2 vezes dos dois, eu ODEIO GTA… não consigo assistir filmes sem fazer nada e ODEIO DORMIR o dia inteiro mais a minha preferida (a unica que serve para mim) é a das tirinha alias eu vou acessar agora…um beijo e eu gostei de voce

  2. Infelizmente nao gostei das dicas,pois so serve pra pessoa se deprimir em ksa em um computador ou videogame!!!poste ideias como viagens,saidas a noige,filme em cinemas ou coisa do tipo.tenho certeza q se vc fizer isso esse blog vai bonbar!!!bjoss

    • Dsclp se eu NÃO SAIO DE CASA NUNCA! Mas falando sério, escrevi isso baseado nas *minhas* preferências sobre o que fazer nas férias, Anônima! Obrigado mesmo assim pelo comentário! ❤ vc

Gostou do que leu? Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s