Eu me ferrei. De novo.

Eu nunca mais instalo alguma coisa sem ler com a máxima atenção. NUNCA. Principalmente quando é em inglês.

Há algum tempo atrás postei aqui no blog uma grande saga falando sobre as desventuras que passei para trocar meu sistema operacional de 32 bits por um de 64 bits, saga esta tão grande que ocupou por cinco vezes a página inicial disso aqui (Partes I, II, III, IV e V). Pois bem, parece que não aprendi a lição ensinada naquela época e perdi todos os meus dados hoje.Se você não fica só no Orkut e no MSN o dia todo, deve saber que ontem a Microsoft liberou a primeira versão do Windows 8, denominada de “Developer Preview”, e que mostra os primeiros recursos do futuro sistema operacional da empresa das janelas.

Como gosto de ficar sempre atualizado, prontamente fiz o download do arquivo do Windows assim que foi liberado, sem mesmo pensar em fazer um backup de meus arquivos ou criar um ponto de restauração. Ou seja, estava entrando em algo que eu desconhecia totalmente e não estava nem um pouco protegido para qualquer problema ou erro que com certeza aconteceria, já que para mim nada é como parece ser.

Deixei o computador baixando o troço e fui dormir, pois o download só foi liberado por volta das 22hrs de ontem e minha Internet demora duas horas para baixar um arquivo de 3,6GB. E sim, eu durmo cedo. Afinal, ontem ainda era terça-feira, teria que acordar cedo no dia seguinte (hoje).

Pois bem, hoje chego do colégio ansioso para ver e testar todas as novas funcionalidades do Windows 8, que baixou durante a madrugada. Estava tão entusiasmado que nem sequer tirei a roupa que estava e fui direto para fazer umas últimas configurações antes de instalar o “pré-beta” do novo Windows. É claro que tive que almoçar antes de começar a instalação em si, afinal não sou de aço. Ah, não devo satisfações a vocês!

Após estar devidamente preenchido com o almoço, volto ao computador e antes de começar a instalação do novo sistema operacional minha consciência faz um barulho de alerta, e lembro que é melhor instalar o novo Windows numa máquina virtual, como o VirtualBox, a fim de não causar nenhum problema futuro; ou então criar uma nova partição em meu HD para fazer um Dual Boot entre o Win 7 e o Win 8.

Não sei como isso aconteceu, mas me distraí com alguma coisa durante esse pensamento e acabo perdendo completamente o rumo da situação. “Meto bala” no mouse e clico com a maior felicidade do mundo no arquivo do Windows 8, e a instalação começa. É aí que entra o problema: estava com tanta vontade de testar todas as novas funcionalidades inacabadas do sistema operacional que nem prestei atenção no que a instalação dizia. Apenas clicava em “Next”, “Next” e “Next”.

Meu computador reinicia e o novo Windows dá o boot. É nessa hora que penso “OMG! Esqueci de salvar meus arquivos! Lá se vão meus 30GB de séries e meus dois arquivos de tradução inacabados de jogos! Estou ferrado!!!”, mas já era tarde demais.

O sistema inicia – e diga-se de passagem, é extremamente bonito de se ver e fácil de se mexer, porém está cheio de bugs e com repentinas “panes” no sistema – e fico todo abismado e empolgado. Vamos chamar de “abisgado”. Após a empolgação inicial de ver algo novo e completamente diferente do que estou acostumado a ver todos os dias, lembro-me do meu problema: não salvei meus arquivos e estou definitivamente “FUUUUsado”.

Para minha sorte temporária, os arquivos ainda estão lá, e ao que parece o que eu fiz foi só atualizar meu sistema operacional, saindo do Windows 7 e migrando pro incompleto 8. Então, meio feliz e meio “HÃN?” da vida, começo a pensar em como posso voltar ao Windows 7 sem perder tudo. Penso: “Ah, é só colocar o DVD do Windows de novo e clicar em ‘Atualizar’. Moleza!”, digo adeus ao Windows 8 – prometendo que volto na versão final – e ponho o DVD do Windows 7 pra dentro, reiniciando logo após o computador.

Com os dedos cruzados, configuro a instalação do Win 7 e, quando chego na tela de escolher se quero instalar o sistema do zero ou manter os arquivos e programas antigos, quase que me ajoelho na frente do computador e faço uma oração. Clico em “Atualizar” e… ERRO. O Windows diz que não é possível migrar de um sistema para o outro quando um dos dois não é da mesma linguagem do outro. O Win 8 só tinha na versão em inglês, e a cópia do Windows 7 que queria instalar era em Português. Pensei comigo: “#$#w@@2#@! Por que isso só acontece comigo??”.

Após esse surto de raiva, acalmo-me e leio com mais atenção as opções de instalação. Havia uma que instalava um novo Windows, porém mantia uma pasta “Windows.old” com os arquivos da antiga instalação. Aí eu achei uma boa ideia, já que programas se encontram em qualquer lugar; o que é difícil é baixar (ou criar) meus arquivos todos do zero. Cliquei na opção e o sistema começou a ser instalado.

Quando a instalação se completa, aguardo o carregamento do PC e quando ele fica pronto para uso, corro na pasta “Windows.old” e procuro meus arquivos. Chegando lá, não encontro nenhum episódio sequer de minhas séries, nenhuma imagem e nenhum documento da instalação antiga, somente pastas dos programas que tinha.

Ou seja, me ferrei totalmente. Dessa vez foi até pior do que a vez que relatei nas cinco partes da saga “Formatando o PC”. Dessa vez pedi todos os meus arquivos das séries que havia baixado, todos os meus documentos e todo e qualquer arquivo que tenha criado em prol da tradução dos jogos que estava fazendo. Graças a Deus existe o Dropbox, e pelo menos meus logotipos e arquivos .PSD foram salvos desta terrível coisa que aconteceu comigo hoje.

Caros amigos e visitantes, termino esse post (enorme, por sinal) dando um conselho para a vida toda: NUNCA proceda uma instalação de qualquer coisa que seja sem ler e entender absolutamente tudo o que acontecerá no seu computador. Não vá fazer o que fiz e perder toda a sua coleção de séries em questão de minutos. Vai por mim.

Anúncios

4 comentários sobre “Eu me ferrei. De novo.

  1. Você é uma pessoa com muito azar, kkkk, ainda bem que você relatou tudo, eu vou instalar numa partição diferente e cuidar pra não clicar em Upgrade!
    Ah, e boa sorte pra recuperar os seus arquivos, hahaha.
    Post bom, mas situação ruim!

Gostou do que leu? Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s